MAIS DIÁLOGO, MENOS COBRANÇA





Quando crescemos, vamos recebendo orientações do mundo que são recheadas de emoção! Quando somos orientados a fazer algo, a agir de uma determinada maneira, não raras as vezes vem o combo que nos dá um tanto de trabalho = INFORMAÇÃO + EMOÇÃO. Emoções não filtradas (leia-se elaboradas) por aquele que fala, ficam como resíduos que podem ser absorvidos por quem recebe, que vai ter esse trabalho de reter a informação e digerir ou filtrar a emoção que veio junto.

Fato é que muitas vezes, aprendemos a conversar por meio da cobrança, apontando para o que acreditamos serem falhas do outro, ou para o modo como entendemos que o outro deve ser, agir, falar, se comportar, enfim...passamos a ser aqueles que oferecem uma bagagem de cobranças que de nada funciona e acaba gerando atritos desnecessários.

Um ponto muito importante é aprendermos e exercitarmos a maneira de conversar. Isso mesmo, algo que parece tão simples, que fazemos desde crianças, mas que se torna algo profundo e complexo quando levamos em conta que a comunicação é uma das bases dos relacionamentos e é recheada de emoção.

- Além da escolha das palavras, o tom da conversa é bem importante. Para cuidar disso, evite conversas no calor da emoção, pois as chances da conversa se transformar em uma briga são grandes. O caminho talvez seja, digerir para discutir e não discutir para digerir...

- Comunique-se focando no que você sente ou pensa, e não em apontar possíveis falhas do outro. Todos somos falhos, se um aponta a falha do outro, ninguém olha para si mesmo e a conversa pode acabar virando um jogo de acusações e dedos apontados para o outro.

- Observe-se! Uma comunicação congruente geralmente é mais clara e sem muitos ruídos emocionais. Há mais chances da informação ser passada de forma transparente e reconhecida pelo outro.

- Não espere que o outro adivinhe o que parece óbvio para você. Pois, por mais óbvio que te pareça algo, para o outro

- Crie o hábito de não deixar acumular coisas para falar. Quando acumulamos situações a serem conversadas, isso tende a virar uma bola de neve, e o assunto acaba tendo uma proporção maior do que teria se não tivesse junto a outros assuntos.

- Aprenda sobre você, na medida em que você estiver familiarizado com quem você é, tende a ficar mais fácil colocar para o outro suas necessidades e pontos de vista.

.

Este post te ajudou? Me conta aqui, vou adorar saber!


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

44 99931-5212  Tim

44 99931-5212  Tim

  • Facebook App Icon
  • Instagram
  • YouTube

© 2023 by Grace Homecare. Proudly created with Wix.com